Reportagem - Motonáutica

Motonáutica é a Fórmula 1 Aquática

Michele Barcena - Hortolândia/SP - 26/10/2012  0 comentários

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Belas, velozes e até mesmo perigosas. Em razão de suas características, as lanchas de motonáutica são consideradas integrantes da Fórmula 1 dos mares e represesas e inauguraram uma nova modalidade esportiva que vem sendo aos poucos difundidas no país pela Confederação Brasileira de Vela e Motor. Guiadas por dois pilotos (um que dirige e outro que acelera), as lanchas de alta velocidade já conqusitaram adeptos e praticantes em muitos países do mundo e de uns anos pra cá, vem garantindo um público fiel, inclusive aqui no Brasil.

A modalidade esportiva ainda não tem um expressivo número de atletas profissionais, até mesmo porque é uma atividade cara e que exige uma constante e cara manutenção. Segundo indicativos, cada lancha tem o valor aproximado de R$ 1,8 milhão. Em média, as lanchas de corrida alcançam 270km/h e há diversas possibilidades de tamanhos e dimensões de embarcações nas competições, sobre o mesmo percurso.  Há lanchas de menor porte, como 25 CC e até grandes máquinas, de até 5000CC.

O “F1 Powerboat World Championship”, ou seja, o Mundial de Motonáutica é a principal competição internacional da modalidade, com regras similares à Fórmula 1. A primeira temporada da competição foi realizada em 1981 e hoje em dia são realizadas etapas internacionais em muitos países. Em 2010, uma etapa dessa competição foi realizada no Brasil, com a participação de Eike Batista, amante do esporte.

Semelhante à F1, a corrida de lancha de powerboat é um evento internacional disputado em algunas países a cada temporada. As provas são realizadas em uma área de aproximadamente 350 metros, com várias voltas e que duram aproximadamente 45 minutos no total.

Tecnologia dos barcos

Os barcos são feitos de fibra de carbono, e devem ser extremamente velozes e manobráveis. Cada vez mais, são investidos em tecnologia e dinheiro para o desenvolvimento dessas máquinas. Geralmente, essas lanchas pesam em média 390 kg, incluindo 118 kg do motor e tem 6 metros de comprimento por 2 metros de largura. O desenho do casco forma um túnel aerodinâmico como um tipo de asa na plataforma e sob a superfície do casco. Isso ajuda a levantar a lancha e reduz o arrasto, de modo permitindo mais velocidade para a embarcação com menos atrito com a água.

Embora existam patrocinadores da equipe, o esporte ainda é amador e financiado por uma mistura de investimento privado e patrocinadores comerciais. Outro ponto delicado nessa modalidade é a questão da segurança. Apesar de toda a segurança exigida e respeitada (na maioria das vezes), a motonáutica é um esporte de algo risco e infelizmente acidentes são inevitáveis.

História do esporte

A primeira corrida de Powerboat ou Motonáutica foi realizada em 1904 na Europa, entre a Inglaterra e a França. Foi nesse período que os Estados Unidos lançaram a APBA (American Power Boat Association), organizando em 1911, na Califórnia, a primeira expressiva competição do esporte.

O crescimento do Powerboat em nível mundial foi interrompido na Europa durante a Primeira Guerra Mundial e, em seguida, novamente na Segunda Guerra Mundial, sendo retomado novamente em ambos os lados do Atlântico nos anos 1950 e 1960.

O esporte entrou na era moderna  na década de 1960, com nomes notáveis como Jim Wynn, Aronow Don, e Bertram Dick . Durante esse tempo, a posição do 'navegador' foi extremamente importante, pois encontrar postos de controle durante uma corrida era uma tarefa difícil.

Durante os Jogos Olímpicos de Verão de 1908, em Londres, três eventos de motonáutica foram disputados. Foi a única vez na história olímpica que um esporte a motor foi disputado oficialmente, após a motonáutica ter sido uma modalidade de demonstração em Paris 1900.

Os três eventos ocorreram na mesma distância, cinco voltas em um percurso de oito milhas náuticas, totalizando 40 milhas náuticas. Em todos os eventos apenas um bote completou o percurso.

Tradicionalmente, os italianos são considerados os melhores pilotos de powerboat do mundo, tendo vencido um grande número de competições e conquistado diversos títulos Mundiais. 


Compartilhe:
  • Twitter
  • MySpace
  • Facebook
  • Orkut
  • Digg
  • Delicious
  • Buzz Yahoo
  • Technorati
  • Live
  • Google Bookmark

 Todas as reportagens já publicadas.

publicidade

É necessário o flashplayer para visualizar.

Get Adobe Flash player



Opinião do Leitor

Não há comentários, seja o primeiro!

 

publicidade

Deixe sua opinião, preencha os campos abaixo:

Nome:

E-mail: (não será divulgado)

Sua opinião:

Digite as letras da imagem na caixa abaixo:





LivrEsportes - Revista Digital de Esportes - Todos os direitos reservados 2009-2010 - Desenvolvido por AP1! Comunicação - Marketing Digital